Bio

Tiago Vianna aka TIL (Niterói, 1980)   Artista visual, se dedica ao documentário, fotografia, a animação, o veejaying e a direção de TV.  Se licenciou em cinema como aluno de Ruy Guerra no mesmo ano que recebeu o premio de melhor diretor no IX Gramado Cine Video pelo curtametragem “Berro”. Em 2001 começou a trabalhar como editor de publicidade e documentários e, em 2003, como diretor. Trabalhou com Elizabeth Formaggini e Jom Tob Azulay e seguiu estudos decinema experimental com Paula Gaitán e documentário com Carmen Avalos, Dotado de uma forte veia poética visual, realizou peças para artistas como Jards Macalé, Marcelo Bonfá, Katia B, Vulgue Tostoi, Pedro Veríssimo e Letícia Novaes. Na publicidade realizou filmes para Agência 3, Giovanni FCB, McCann Erickson, CGCOM, além de dirigir diversos curtas metragens e programas de TV. Atualmente se dedica ao veejaying, à direção de TV e documentário, experimentando criativamente os desdobramentos da linguagem multimídia.

Visual artist, he dedicates himself to documentary, photography, animation, veejaying and directing TV shows. He graduates in cinema as a Ruy Guerra student on the same year that he received the award for best director in the IX Gramado Cine Video with the short movie “Berro”. In 2001 starts working as editor, manly for advertising and documentary and in 2003 begins his career as a filmmaker. He worked with Elizabeth Formaggini and Jom Tob Azulay, follow his cinematography studies with Paula Gaitan and Carmen Avalos. Performed pieces for many musical artists such as Jards Macalé, Marcelo Bonfá, Katia B, Vulgue Tostoi, Pedro Veríssimo and Letícia Novaes. Gifted with a strong poetic visual vein, Tiago sails through digital arts inside animation, experimental cinema, veejaying and video clip. As a director experiments creatively the possibilities of multimedia language.

Artista visual, se dedica al documental, animación, al veejaying, y como director de televisión. Se licenció en cinema como alumno de Ruy Guerra en el mismo año que ha ganado el premio de mejor director en el IX Gramado Cine Video por el cortometraje “Berro”. En 2001 empieza a trabajar como editor de publicidad y documentales y en 2003 como realizador. Trabajó con Elizabeth Formaggini y Jom Tob Azulay y ha dado continuidad a sus estudios con Paula Gaitán y Carmen Avalos. Ha realizado trabajos para musicos como Jards Macalé, Marcelo Bonfá, Katia B, Vulgue Tostoi Pedro Veríssimo y Letícia Novaes. Cineasta dotado de una fuerte vena poética visual, navega por las artes digitales como la animación, el cine experimental, veejaying y el video clip. Como director sigue experimentando creativamente las diversas posibilidades del lenguaje multimedia.

 

 

One thought on “Bio

  1. se não mastigo,
    não como, não masco, não cuspo
    desculpas da boca
    fora!
    aspas abro pro que sinto:

Comments are closed.